Alimentos orgânicos sob encomenda

Encontro entre produtores locais e consumidores está sendo viabilizado por uma ideia de rolandenses

Publicado: 10/07/18 • 16h57
Atualizado em: 15/11/18 • 01h40

    De uma visita a produtores locais da comunidade do Ceboleiro nasceu uma ideia para facilitar a comercialização de alimentos orgânicos sob encomenda em Rolândia. Na manhã de quarta (04), as amigas Cíntia Sevaux e Juliana Mungo, juntamente com Shiguedy Katto, da Emater, foram ao Ceboleiro e visitaram Cida Lucca, única produtora certificada de folhosos orgânicos de Rolândia, e Janete Koch, que produz morangos livres de agrotóxicos. 

    A visita aconteceu porque as amigas estavam discutindo sobre alimentação saudável e as opções de alimentos orgânicos na cidade. Resolveram procurar produtores locais e tentar aproximá-los, com seus produtos, da população, através da Emater. Após a visita, eles conseguiram que o estacionamento da Emater fosse disponibilizado das 10 às 11h da manhã toda sexta-feira para a retirada dos produtos orgânicos encomendados. “Nesse primeiro momento, nossa preocupação não é com documentação, certificação ou selo. São famílias comprando de famílias, baseado na confiança”, afirmou Cíntia. 

    Dessa forma, os pedidos são feitos pelo grupo de WhatsApp gerenciado por Cíntia e o comprador deve ir à Emater, que fica na Avenida dos Expedicionários em frente a Praça da Igreja Matriz, retirar sua encomenda. Os interessados em encomendar devem entrar em contato pelo WhatsApp de Cíntia - (11) 98135-4542 - e pedir para ser adicionado ao grupo. Os produtores aceitarão pedidos até o meio-dia de toda quinta-feira. “Só encomendem o que realmente forem buscar, para que os produtores não sejam prejudicados”, afirmou. 

    Sacola reutilizável -  Até o momento, os produtos disponíveis para encomenda são: Alface Americana (R$ 2,00), Alface Crespa (R$ 2,00), Alface Roxa (R$ 2,00), Rúcula (R$ 2,00), Cheiro Verde (R$ 2,00) e Morango 500g (R$ 12,00). “Podemos aproveitar esse momento bacana para nos condicionarmos a produzir menos lixo. Levem sua sacola reutilizável quando forem buscar suas encomendas ou uma grande bacia, as alfaces são enormes”, recomendou Cíntia. A primeira leva de encomendas foi entregue na manhã da sexta (06) como um teste. “Nós ainda vamos tentar conhecer outros produtores e tentar dar andamento nessa ideia”, concluiu a rolandense. 

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.