Carro em vaga errada gera multas e transtornos

Veículo foi estacionado em vaga para carga e descarga e caminhões tinham que parar na rua; polícia do trânsito foi chamada e carro, guinchado

Publicado: 07/11/18 • 19h36
Atualizado em: 14/11/18 • 20h41

    Um veículo foi guinchado pela Polícia de Trânsito de Rolândia e seu proprietário recebeu, pelos menos, duas notificações que poderão se transformar em multas, além de nove pontos na carteira. O fato aconteceu na manhã desta quarta-feira (07) na rua Monteiro Lobato, região central de Rolândia, e gerou bastante transtornos no trânsito, já que o carro estava estacionado na vaga destinada para carga e descarga, o que obrigou os caminhões a parar no meio da rua para descarregar mercadorias. O resultado foi muita confusão e trânsito mais lento.

    Segundo as informações apuradas pela reportagem do JR, o veículo foi estacionado no local e a polícia militar foi chamada, pela primeira vez, às 9h16. Depois de constatar que o carro não fazia carga e descarga, e passados mais de 80 minutos, a polícia do Trânsito foi acionada para guinchar o carro, já que o seu proprietário não aparecia e os caminhões estavam sendo obrigados a parar no meio da rua para descarregar mercadorias. Enquanto os policiais faziam as notificações ao proprietário do veículo por estacionamento em local proibido, também notaram que havia um erro na placa do carro, que não estava de acordo com os dados que apareciam aos policiais – a tarjeta da cidade não batia.

    Uma moça que trabalha no comércio apareceu e se identificou como proprietária do veículo, apesar de não ter CNH. Ela afirmou que não sabia que era permitido estacionar naquele local e também revelou que havia comprado o carro de uma pessoa e não tinha trocado a placa, ainda. Os policiais chamaram o guincho e o veículo foi levado para o pátio do 15º BPM – agora, o proprietário (antigo) tem de pagar R$ 96,39 pelo transporte do carro e R$ 26,55 por dia em que o veículo ficar no pátio. Depois disso pago, pode retirar o carro.

    Multas

    O proprietário do veículo será notificado por dois artigos do Código Brasileiro de Trânsito: o 181, inciso 17, por estacionar em desacordo com a regulamentação - infração grave e dá cinco pontos na carteira, além de uma multa de R$ 195,23; e o 221, por ter uma tarjeta diferente do registro do carro – infração média com quatro pontos e R$ 130,16. Sobre o fato da proprietária que se apresentou não ter CNH, não é possível fazer multa alguma já que não há como provar que ela estava dirigindo o carro que foi estacionado ali.

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.