Distrito de São Martinho promove seu 9º Réveillon

A festa que já virou tradição do distrito de Rolândia se mantém, estabelecendo para esse ano a meta de 1000 participantes

Publicado: 29/12/18 • 16h10
Atualizado em: 17/01/19 • 17h53

    São Martinho, distrito de Rolândia, se prepara para a 9ª edição de seu Réveillon comunitário e promete um recorde de visitantes neste ano, atraídos pelo evento que oferece missa, show, brincadeiras, doces, um bolo de 8 metros e queima de fogos.  Iniciativa do atual presidente da Câmara de Rolândia, o vereador Eugênio Serpeloni, e com o apoio dos moradores do distrito, a festa de passagem de ano de São Martinho está se tornando uma tradição rolandense. O evento é gratuito e será realizado na segunda-feira (31), na Praça da Matriz, a partir das 22 horas, logo após a celebração da missa às 21h com o Padre Daniel.  

    “Bolão” e doces
Para agradar aos paladares, a comemoração promete algodão-doce, pipoca, refrigerante e o famoso bolo, grande chamariz da festa, com seus 8 metros de comprimento. “A atração musical será a banda Meninos do Fandango, da cidade de Goioerê, que também se apresentou no ano passado”, afirmou Eugênio Serpeloni. O grande momento do Réveillon será mesmo o grande show de fogos de artifício, que tomam o céu por quase 10 minutos.  

    Em entrevista ao Jornal de Rolândia, Eugênio destacou a principal proposta para a festa do ano que vem: fogos de artifício silenciosos, apenas com efeitos pirotécnicos – uma alternativa que tem ganhado público e que não fica atrás dos fogos tradicionais em beleza. “Neste ano, já havíamos comprado os fogos e ainda serão com estampidos e barulhos, mas para 2019 serão sem estampidos, um show de luzes e brilho”, ressaltou Eugênio. A ideia é respeitar os autistas e as pessoas que não suportam o barulho das explosões, além de proteger os animais, principalmente cães e gatos. Essa é uma lei que pode ser votada em 2019 – a proibição de rojões e fogos de artifícios com explosões estampidos. “Com ou sem lei, em Sâo Martinho teremos fogos sem barulho em 2019”, prometeu o presidente da Câmara.  

    Início
    A ideia passagem de ano no distrito com um evento nasceu em 2010 e, desde então, tem sido abraçada pelos participantes, que prestam apoio financeiro e aumentam em número a cada ano. Em 2017, a festa contou com 900 pessoas, moradores de São Martinho, Rolândia, Bartira e da região. “Neste ano, esperamos mais de 1000 participantes”, concluiu Eugênio. Aos interessados em contribuir para com o evento com alguma quantia, o recebimento tem sido feito no Mercado do Gênio, em São Martinho.

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.