ACER e JR: parceria busca as origens da Associção

Com mais de 80 anos, Associação da comunidade nipônica de Rolândia quer registrar sua história e as histórias em torno dela

Publicado: 12/03/19 • 15h10
Atualizado em: 26/03/19 • 16h22

    Uma parceria firmada entre a Associação Cultural e Esportiva de Rolândia (ACER) e o Jornal de Rolândia irá buscar as raízes e os primórdios da Associação da comunidade nipônica rolandenses. “A ideia é termos uma história registrada da ACER desde o seu início”, explicou Fábio Iwakura, presidente da Associação. Uma reunião com mais diretores, no final do mês passado, marcou o início do projeto de recuperação histórica da entidade.

    Para se buscar e registrar mais detalhes do início das comunidades japonesas, ainda na década de 1930 e que deram origem à ACER atual (fundada oficialmente em 1963), a reportagem do JR irá entrevistar membros mais antigos da Associação e registrar suas histórias e o que eles sabem do início da entidade. A primeira pessoa a ser entrevistada será o senhor Sadatoshi Imazu, proprietário da auto elétrica que leva seu sobrenome.

    Parte do material recolhido também será colocado nas páginas do jornal impresso, no site e nas mídias sociais do JR. “Teremos uma coluna da ACER no jornal, contando um pouco da associação e da pessoa entrevistada”, revelou José Eduardo da Silva, editor do Jornal de Rolândia. 

    Depois do senhor Imazu, há uma grande lista de pessoas da comunidade japonesa a serem procuradas pelo JR.

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.