No outono, cuidado com as IVAS

Com o clima mais frio, os ambientes ficam mais fechados, especialmente em estabelecimentos escolares, o que facilita a contaminação entre as pessoas

Publicado: 11/04/19 • 10h03
Atualizado em: 11/04/19 • 10h08

    Com a chegada do outono, é importante estarmos atentos aos sintomas de infecções das vias respiratórias superiores, as chamadas IVAS. 

    Essas doenças são a causa mais comum de atendimentos médicos por infecções respiratórias agudas, principalmente nesta época do ano.

    A razão para isso é que, com o clima mais frio, os ambientes ficam mais fechados, especialmente em estabelecimentos escolares, o que facilita a contaminação entre as pessoas.

    Sintomas
    Os sintomas das infecções das vias respiratórias superiores podem incluir obstrução nasal (congestão nasal), secreção, dor de garganta, tosse, febre, dores de cabeça e dor de ouvido.

    Prevenção
    O melhor meio de se prevenir contra esses tipos de doenças é bem simples e fácil: lavar bem as mãos e lavar o nariz com soro fisiológico diariamente. O ato de lavar as mãos com sabão ou limpá-las com alcool em gel (quando não for possível  lavar) pode evitar muitas das IVAS.

    O otorrinolaringologista é o profissional médico especialista em problemas de ouvido, nariz e garganta, e o mais indicado para diagnosticar e tratar adequadamente esses sintomas.
Outro conselho importante é não se automedicar e procurar sempre um especialista.

Dr João Marcelo Caldeira Fabiano (Crm 26.920) atende na Essence Clínica Médica Multiprofissional

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.