Mamaço inicia Agosto Dourado, mês do aleitamento

Nesta quinta-feira, 1º de agosto, mães amamentarão seus bebês simultaneamente no Pátio da Igreja Matriz São José, em Rolândia

Publicado: 01/08/19 • 09h08
Atualizado em: 01/08/19 • 09h16

    O Agosto Dourado é o mês cuja primeira semana marca a campanha mundial de incentivo ao aleitamento materno. Neste ano, o tema da ação é “Capacite os pais e permita a amamentação, agora e no futuro” e Rolândia entra na campanha promovendo um mamaço com a presença de diversas mães alimentando seus bebês com leite materno simultaneamente nesta quinta-feira, 1º de agosto, no Pátio da Igreja Matriz, às 14h30. As famílias também comparecerão para ajudar na conscientização da importância da amamentação, na terceira edição do Mamaço em Rolândia, que foi realizado pela primeira vez em 2017 e é organizado pela Secretaria Municipal de Saúde.

    Segundo as nutricionistas Edna Midori Ono Fujimoto Yokoswa e Angela Misael Iizuka, responsáveis pelo Posto de Coleta de Leite Humano de Rolândia, de modo geral, a amamentação é vista como algo simples, natural e instintivo, mas na verdade é um processo complexo que vai muito além da dupla mãe-bebê. Envolve a dinâmica familiar e a sociedade. Cada mãe e cada família terão um relato diferente em relação à amamentação.

    O sucesso da amamentação não depende somente das condições orgânicas e fisiológicas da mãe e do bebê. Depende principalmente do real desejo da mãe em amamentar, da persistência, dedicação e do apoio familiar, em especial do parceiro.

    Ainda que haja desejo e apoio familiar e que esteja tudo funcionando bem na mãe e no bebê, podem surgir algumas dificuldades que são pertinentes ao processo de amamentação. A informação sobre o processo de amamentação e sobre os inúmeros benefícios para mãe para o bebê são fundamentais para que a mãe e a família se fortaleçam na decisão de amamentar.

    A recomendação da Organização Mundial de Saúde é que o aleitamento materno seja exclusivo durante os seis primeiros meses de vida do bebê e que, após o sexto mês, com a introdução de outros alimentos, ainda seja mantida até os dois anos de idade ou mais.

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.