Feriados municipais devem ser antecipados em Rolândia

Datas que caiam de terça a sexta serão comemoradas na segunda, com uma pausa no comércio e indústria de Rolândia

Publicado: 10/09/19 • 14h39
Atualizado em: 11/09/19 • 11h01

    A antecipação de feriados municipais deve se tornar uma realidade em Rolândia devido a um projeto de lei, que foi aprovado em primeira votação na segunda (02) e que passou pela última vez em plenário nesta segunda-feira (09). A proposta é que os feriados de aniversário, em 28 de janeiro, e do padroeiro São José,em 19 de março, quando caiam entre terça e sexta-feira, sejam antecipados para a segunda. “Centenas de cidades Brasil afora já utilizam esse expediente e com muita aceitação da população, do comércio e da indústria, acho que chegou a vez de Rolândia”, afirmou a autora do projeto, vereadora Maria do Carmo (PSDB).

    A parlamentar justifica que o projeto tem vários benefícios. Um deles é melhorar o planejamento e baixar os custos das empresas. Ela cita principalmente aquelas que operam em regime contínuo como os abatedouros e extrusoras de alumínio, que poderão minimizar as horas extras e gastos com energia, para esfriar e aquecer os equipamentos nas paradas.  

    Os comerciantes também seriam beneficiados, já que só descansam aos domingos e acabam propiciando mais um dia de lazer ou descanso. Em consulta a eles, Maria do Carmo constatou que a segunda é também o dia menos movimentado no comércio, portanto, não prejudicaria as vendas do setor.

    Outro benefício seria para os atendimentos da saúde, que não seriam mais afetados pelos pontos facultativos. Atualmente, nos feriados de terça ou quinta, a segunda ou sexta era considerado ponto facultativo e as Unidades Básicas de Saúde ficavam fechadas não só no feriado, mas também no dia anterior ou posterior. Por consequência, o atendimento era todo destinado ao PA ou ao hospital, que acabavam sobrecarregados. 

    Maria do Carmo promoveu uma pesquisa de opinião pelo Facebook entre 20 a 25 de agosto e 80% dos participantes se manifestaram favoráveis a antecipação. No total, a enquete recebeu 95 votos. A vereadora lembra que centenas de cidades brasileiras já tem essa lei. “Quanto ao feriado religioso, conversei com alguns padres e todos foram favoráveis a antecipação porque facilita a vida de todos. A Igreja Católica não vislumbra qualquer problema”, relatou. 

    Para 2020, com a lei já valendo, os dois feriados teriam mudanças. O aniversário da cidade, 28 de janeiro, será numa terça, mas a comemoração fica antecipada para a segunda, dia 27. O dia do padroeiro, comemorado em 19 de março, uma quinta, passa para o dia 16, também uma segunda. 

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.