Ônibus de Rolândia é assaltado a caminho do Show Rural

A caravana de agricultores de Rolândia foi abordada por bandidos na BR-369, próximo a Mamboré; veículo seguia para Cascavel

Publicado: 06/02/19 • 15h31
Atualizado em: 23/05/19 • 06h54

    Um ônibus com agricultores de Rolândia foi assaltado na BR-369 quando se dirigia para o Show Rural, em Cascavel, na madrugada de terça-feira (05). A caravana do Sindicato Rural seguia com 40 agricultores do município e foi abordada perto de Mamboré, a cerca de 160 quilômetros de seu destino. Os bandidos levaram alianças, joias, dinheiro, celulares e objetos pessoais, mas ninguém ficou ferido. No final, o ônibus continuou sua viagem até o evento.

    “Ouvimos barulho de pipoca estourando, o que fez todo mundo acordar”, relembra o agricultor Daniel Steidle, no ônibus com seus dois filhos, Endí e Erê. Eram tiros. De acordo com o agricultor, quatro bandidos encapuzados entraram no veículo e obrigaram o motorista a pegar uma estrada vicinal. “Parecia de paralelepípedo”, afirmou. Os homens gritaram para que todo mundo erguesse as mãos e entregasse dinheiro, joias, celulares. Foi tudo entregue para os homens.

    De acordo com Steidle, os bandidos perceberam que eram todos agricultores e que aquele ônibus não era de excursão para o Paraguai. “Eles disseram que não tinha mais nada para roubar da gente”, ressaltou o agricultor. Os homens, então, gritaram para que eles ficassem dentro do veículo, com cortinas fechadas e que atirariam se alguém olhasse pela janela. “Ficamos ali por uns 40 minutos e depois resolvemos ir embora”, afirmou.

    Ainda dentro do ônibus, o presidente do sindicato, Daniel Rosenthal, muito calmo, perguntou o que seria feito, se seguiam adiante ou voltavam para casa. “Resolvemos seguir para o evento, até para nos distrair”, relembrou Steidle. Segundo o agricultor, o episódio serviu para aproximar mais as pessoas da caravana. “Meus filhos também perceberam que não adianta se apegar muito a objetos”, concluiu o agricultor.

    Frequente
    No Show Rural, muitas pessoas afirmaram que episódios como esses são frequentes naquela região, por causa dos ônibus de excursões que vão ao Paraguai. “De três em três dias acontecem assaltos por aqui”, contaram. Apesar disso, o policiamento não aumenta nessa estrada e os ônibus são obrigados a viajar em comboio, por mais segurança. O ônibus com marcas de tiro foi bastante visitado no Show Rural.

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.