Praça é repaginada para atrair famílias

Iniciativa de carpinteiro rolandense propiciou instalação de parquinho e academia na praça do jardim Roland Garten

Publicado: 21/09/19 • 21h49
Atualizado em: 15/10/19 • 18h52

    O rolandense Manoel Henrique Conti, de 35 anos, conseguiu engajar moradores em uma ideia e trouxe mais lazer para a praça do jardim Roland Garten. Com a meta de deixar o espaço mais familiar, foram instalados brinquedos infantis e uma academia para incentivar a presença de pais com seus filhos. “A ideia principal é proporcionar momentos de qualidade entre famílias. Enquanto a criança brinca, o pai pode usar a academia”, afirmou. “Eu, como cristão, acredito que uma família saudável é a solução dos problemas da vida”, opinou.

    Manoel, que trabalha com madeira, passava sempre pela praça e via a pessoas, apesar do local não dispor de boas opções de lazer. “A quadra era inutilizável, tinha só algumas mesinhas, mas eu via um potencial”, contou. Foi então que surgiu a ideia de montar um parquinho infantil e como ele viu que não teria condições de fazer tudo, pensou em começar por um balanço. 

    Quando comprou a madeira para montar, Manoel resolveu fazer um vídeo contando que teve R$ 600 de despesa e convidando pessoas a ajudar, para que fosse possível ampliar a ideia. “Com a ajuda das pessoas, eu iria conseguir fazer mais rápido e com o vídeo, eu consegui essa ajuda”, comemorou. 

    Muitos ajudaram com a mão de obra e outros com quantias em dinheiro, mas o importante foi chegar ao resultado final: uma praça com estrutura para a família e brinquedos para as crianças. “Começamos a montar o balanço e eu já tinha a promessa de um valor que conseguiríamos fazer as gangorras, já fomos, compramos os materiais e as instalamos também”, relatou. A primeira parte do parquinho, com o balanço, ficou pronta há dois meses e a segunda, da gangorra, há um mês. 

    A iniciativa ainda tem R$ 600 em caixa e está buscando completar o valor. “A ideia é fazer uma terceira parte, que é quase a conclusão do parquinho, que são mais duas torres com uma ponte, escadas e escorregadores. Acredito que para essa fase, precisaremos de um orçamento de R$ 1300, só do material”, revelou.

    Enquanto os trabalhos eram feitos no parquinho, ele deu ideia a outro morador de colocar também uma academia, com as sobras do material comprado e doado para o parquinho. “Pretendemos também ter um pergolado com uns bancos embaixo”, adiantou o rolandense. Quem quiser ajudar, pode entrar em contato com Manoel pelo fone (43) 9.9981-6101, também é Whatsapp.

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.