Conselho Tutelar elege novos conselheiros

Eleitos iniciarão mandato em 10 de janeiro de 2020 e ficarão no cargo até 09 de janeiro de 2025

Publicado: 07/10/19 • 10h11
Atualizado em: 07/10/19 • 15h24

    A eleição para o Conselho Tutelar de Rolândia, promovida pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA, foi realizada neste domingo (06), das 8 às 17 horas. Foram eleitos 10 conselheiros (5 titulares e 5 suplentes) entre os 42 candidatos que participaram do pleito eleitoral. A apuração começou às 18 horas no Centro Cultural Nanuk e se estendeu até às 2 da madrugada de segunda (07) – isso porque não foram usadas as urnas eletrônicos como aconteceu em algumas outras. Nesses locais, a apuração terminou em torno das 19 horas do domingo mesmo.

    Os eleitos
    O mais votado foi Lucas Henrique Galvanine Conceição com 195 votos. Em seguida, elegeram-se Rogério Santana com 185 votos, Maria Teresa Juliani Valente com 177 votos, Camila Fernanda Ignácio com 135 votos e Maria de Fátima Dal-Bó com 129 votos. Os suplentes, que ficaram na sequência da votação são: Adriana Hidai com 112 votos; Mariana Andersen com 97 votos; Roberta Vieira Armacolo com 87 votos; Ida Tagliari com 85 votos e Ruan Carlos dos Santos com 81 votos. O mandato dos novos conselheiros terá início em 10 de janeiro de 2020 e termina no dia 09 de janeiro de 2025, quando os futuros conselheiros (que serão eleitos em 2024) começam um novo mandato de quatro anos.

    Números
    A eleição teve sete locais de votação e aproximadamente 2.580 votos apurados. O local de maior votação foi o Colégio Estadual Padre José Herions recebeu 619 pessoas para a votação e teve apenas 9 votos nulos, em seguida vem o Colégio Estadual Souza Naves com 612 votantes (com um voto em branco e dois votos nulos). Já o Colégio Kennedy teve 586 pessoas votando (com um branco e três nulos), o Colégio Villanueva teve 496 votantes (com quatro nulos), o Colégio José Chiarelli teve 156 votos (com dois nulos), a Escola Municipal do Bartira teve 37 pessoas nas urnas (com 1 voto nulo) e o Colégio Lauro Portugal, de São Martinho, recebeu 26 votos (com um anulado).


   Assim que tivermos as informações completas com todos os números de votos e das pessoas votadas, atualizaremos essa matéria.

    Sobre o conselho
    Além dos conselheiros, o Conselho Tutelar dispõe de dois motoristas e um auxiliar administrativo, funcionários da Prefeitura. “A manutenção do conselho, do prédio e de todos os equipamentos é de responsabilidade da Prefeitura. Os pagamentos de combustível, salários e todo o material de expediente também é de responsabilidade da Prefeitura, mas o Conselho Tutelar é um órgão autônomo referente às suas decisões de zelar pelo atendimento à criança e adolescente”, concluiu Fernanda Buranello, diretora técnica da secretaria de Assistência Social e secretária executiva dos conselhos.

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.