Novos equipamentos no HSR

Aquisição foi realizada por meio de emendas parlamentares que chegam quase a 700 mil reais

Publicado: 11/02/20 • 14h49
Atualizado em: 25/09/20 • 10h42

    O Hospital São Rafael, de Rolândia, vai receber novos equipamentos que serão adquiridos por meio de emendas parlamentares. Uma emenda veio do Senador Álvaro Dias (Podemos) no valor de 189 mil reais e a outra, de 498.957 reais, do ex-deputado federal Luiz Carlos Hauly (PSDB). O hospital está licitando todo os aparelhos e receberá exatamente o valor que for pago – se todo o material ficar em 670 mil, por exemplo, esse será o total repassado.

    De acordo com Paulo Boçois, diretor geral do HSR, o equipamento de valor mais elevado e de grande importância para a instituição será Arco Cirúrgico que custa algo em torno de 357 mil reais. “Ele será enviado para o nosso centro cirúrgico e é algo imprescindível para o setor. O equipamento é como se fosse um Raio-X online no qual é possível produzir imagens em tempo real com até milhares de tons cinza”, explicou o diretor.

    Camas elétricas e mais
    O hospital também vai receber um novo eletrocardiógrafo, 15 camas hospitalares tipo fawler elétrica, um aspirador de secreções elétrico móvel, uma lavadora extratora de roupas hospitalares, dois monitores multiparâmetros, um cardiotocógrafo, três carrinhos de emergência e uma serra perfuradora óssea. Com essas novas aquisições, o diretor afirma que poderá ofertar maior conforto aos pacientes e também mais agilidade em alguns processos como, por exemplo, no setor de lavanderia e também com os carrinhos de emergência que podem ser deslocados com equipamentos em situações graves.

    Outro aparelho de grande importância que será utilizado na maternidade é o cardiotocógrafo. O mesmo serve para a realização de exames que monitoram os batimentos cardíacos do bebê e também as contrações uterinas da mãe e pode mostrar se a mulher está em trabalho de parto ou não. Hoje a maternidade do HSR conta com dois aparelhos do tipo, mas o diretor afirma que “Ter mais um aparelho cardiotocógrafo é essencial, pois usa-se muito na maternidade”.

    Atualmente, o hospital conta com 68 leitos e segundo o diretor existe um projeto de ampliação que vai aumentar essa quantidade para 74 leitos. A previsão é de que o valor para a compra dos novos equipamentos chegue ao hospital daqui a aproximadamente 20 dias. “Depois que vencermos esta etapa, teremos que aguardar a entrega, que geralmente demora 60 dias”, concluiu Paulo Boçois.

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.