Comtur de Rolândia vê bons exemplos em Ibiporã

Encontro da Adetur foi realizado no início desta semana na cidade de Ibiporã e contou com a presença de representantes de muitos municípios

Publicado: 20/02/20 • 13h20
Atualizado em: 20/02/20 • 15h14

    A cidade de Ibiporã sediou na terça-feira (11) uma reunião da Adetur Norte do Paraná, que contou com a presença de gestores de cultura da região. A Adetur é uma instância de governança regional que reúne 21 municípios ao redor de Rolândia. Além dos membros do Conselho Municipal de Turismo de Rolândia (Comtur), também estiveram presentes no encontro, representantes de conselhos de Londrina, Tamarana, Sertaneja, Cambé e Centenário do Sul.

    Segundo informado pela turismóloga Flavia Galbero, durante a reunião foi apresentado um case de sucesso realizado na cidade de Ibiporã. O secretário de cultura e turismo do município, Agnaldo Adelio, mostrou toda a programação cultural que eles aplicam na cidade. Grande parte do encontro foi voltado para estas questões o que nos ajuda na busca por referências de sucesso. “O secretário compartilhou a experiência de um resgate que o município fez das tradicionais festas juninas, que se tornou um dos eventos de maior proporção aqui da região. Ele também comentou sobre as inovações que eles trouxeram para o natal e atividades culturais em geral”, explicou Flávia.

    Segundo a turismóloga, o Comtur de Ibiporã ainda está em um processo inicial de construção. O momento serviu para a turismóloga comentar sobre a nova ativação e estruturação do Comtur em Rolândia. “Comentei que estamos caminhando com vários novos projetos, e um deles é a implantação da uma lei que formaliza o quadro atual de empreendimento ligados ao turismo e também a fomentação do turismo rural”, exemplificou Flavia.

    No encontro, a presidenta da Adetur, Denise Fertonani, falou sobre as contas da Adetur, da necessidade de criação de coordenadorias na região e também explicou sobre a colaboração financeira da qual os municípios da região vão precisar dar. “Cada município terá que fazer o seu projeto de lei para colaborar com a entidade para que ela possa ter condições de trabalho”, afirmou a turismóloga.

    Além destas pautas, a presidente também comentou sobre o processo que a agência vem passando para conseguir o título de utilidade pública de nível estadual. “Com essa conquista a Adetur terá a possibilidade de pleitear recursos por meio do Portal dos Convênios do Governo Federal (SICONV) e com isso beneficiar toda a região”, ressaltou.

    Após a reunião, todos os participantes visitaram a Casa de Artes e Ofícios Paulo VI, onde morou o artista plástico Henrique de Aragão. O local foi inaugurado em 18 de junho de 1966 pelo artista plástico que chegou ao município de Ibiporã em meados da década de 1960 e viveu no local até sua morte, em 25 de agosto de 2015. A Casa abriga diversas esculturas e pinturas de Henrique e de outros artistas que frequentavam o local, além de objetos pessoais do artista e artefatos que atestam sua trajetória profissional.


Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.