Você conhece o produtor musical Urbanx?

Jovem produtor musical de Rolândia está em São Paulo há três anos e envolvido em muitos projetos na área de música, áudios e publicidade

Publicado: 20/02/20 • 14h34
Atualizado em: 28/03/20 • 12h25

    Victor Hugo Teixeira Rocha (22) nasceu e cresceu em Rolândia. Seus pais, João Maria Thomasi Rocha e Edneia Teixeira, o irmão Luiz Filipe Teixeira Rocha e todo o restante de sua família ainda moram no município. Há três anos, Victor se mudou para a cidade de São Paulo e passou a trabalhar como produtor musical: Urbanx é o nome artístico, ou pseudônimo usado por Victor Hugo.

    “O x ao final da palavra faz referência à questão de indistinção de gênero, para as pessoas não se preocuparem tanto com rótulos. E o urbano é pelo fato de eu trabalhar com música urbana seja rap, rock, funk, mpb ou pop. E além disso, eu amo a área urbana, tanto que escolhi a cidade de São Paulo para viver”, explicou Victor, quer dizer, Urbanx. Além de produtor musical, Urbanx também é compositor, MC, DJ e técnico de som.

    O produtor conta que, desde criança, sempre gostou muito de instrumentos de percussão e se recorda de um presente dado pela mãe dele na época. “Lembro que ganhei um pandeiro e logo que eu o ganhei já comecei a tocar da forma correta. Eu ganhei quando tinha entre nove/dez anos de idade e tenho este instrumento até hoje. Eu amo tocá-lo, pois também gosto muito de pagode e samba raiz e acredito que estas podem ser consideradas as minhas raízes na música”, relembrou.

    O começo da produção
    Urbanx revela que de início tudo era um hobby e que ele começou a fazer produções por conta, navegando pelo computador. Este início foi marcado em 2011 e teve o apoio de um amigo dele que o apresentou todo este universo. “Era tudo um aprendizado, a partir deste contato li bastante e fui aprendendo novas formas”, afirmou.

    O ano de 2013 é lembrado pelo profissional como um momento em que realmente começou a tocar o produto com bastante seriedade e foi quando começou a apresentar a produção para músicos da cidade e oferecer as produções. “Foi em 2013 que eu saí vendendo muitas coisas com um nome de artista produtor mesmo”, explicou.

    Projetos e cursos
    Aqui na cidade, Urbanx abriu um estúdio e também participou de uma banda de rap chamada Pandora. “Neste período eu também fiz um curso de mixagem e masterização, que trata da parte de produção de música dentro do estúdio e me trouxe clareza nas etapas que compõem a construção de uma música, me ajudando a entender e garantir a qualidade final do produto”, contou o profissional.

    No ano de 2017, Urbanx decidiu ir para São Paulo e foi neste momento que ele começou a se especializar ainda mais na área. Depois da mudança, ele conta que teve um grande avanço na carreira e por isso fez essa escolha, tanto pelos estudos quando pelo mercado. “Recentemente eu me formei no curso de Tecnologia de Produção Fonográfica pela UAM (Universidade Anhembi Morumbi) e também tenho workshops relacionados à marca de áudio. Hoje eu tenho o conhecimento em produção de áudio bem detalhado”, garantiu.

    No profissional, Urbanx também conta que teve uma grande oportunidade. “Em Rolândia meu trabalho era focado bem no meio underground, mas com a mudança para cá, eu tive um leque maior de possibilidades e me mostrou novos caminhos. Até o final do ano passado eu tinha um contrato com a produtora de jingles Punks S/A, na qual produzi conteúdos para marcas famosas conhecidas nacionalmente. Por meio dela, também criei alguns jingles que fazem parte da trilha sonora da TV Globo e que tocam em alguns programas da emissora”, revelou.

    Victor também trabalhou na Gravodisc, gravadora que foi responsável por registrar músicas de diversos artistas famosos, como Adoniran Barbosa, Belo, Leandro e Leonardo e Elis Regina, entre muitos outros. Em dezembro do ano passado, um incêndio tomou conta do prédio em que ficava a gravadora, bem no centro de São Paulo. A gravadora teve mais 700 artistas gravados em um total acima de 400 mil horas de sessões em mais de 2,2 mil projetos.

    “Lá eu trabalhava com captação e assistência de mixagem, e tive a oportunidade de captar vozes de grandes personalidades como: Roberta Miranda, Cezar Menotti e Fabiano, Rodriguinho, Exaltasamba entre outros. Foi uma época muito boa em que aprendi muito”, afirmou.

    Hoje Urbanx tem uma produtora em São Paulo chamada Luvit Music e lá ele trabalha com projetos institucionais para empresas e também atua no campo de Publicidade e Propaganda. “Nós produzimos tanto músicas quanto propagandas, fazemos tudo no campo de audiovisual e ligamos a imagem com a música”, explicou.

    Victor também é produtor da banda Vieira e, no ano passado, eles chegaram a fazer uma turnê na Europa e passaram por Portugal, Inglaterra e outros diversos lugares. “Também levei essa banda recentemente pra Londrina. Lá eles fizeram um show no aniversário de uma marca de roupa de Rolândia chamada MeuTrapo, marca que também me patrocina”, explicou.
  
    Atualmente, Urbanx também faz parte de um coletivo de músicos e produtores de São Paulo chamado Livres Objetos Sonoros. “ Em breve lançaremos nosso 1º EP com três faixas de MPB. Compartilho tudo sobre o meu trabalho no meu instagram @urbanxmusic”, comentou.

    O produtor afirma que tudo começou como um simples hobby, mas hoje se tornou toda a sua vida. Ele afirma que passou por momentos de dúvida e complicações, mas que hoje sabe como tudo valeu a pena. “Também devo muito ao meu pai e a minha mãe, os dois são incríveis para mim e tudo que eu faço é pensando neles, pois ambos são essenciais em minha vida”, finalizou emocionado.

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.