Rafael é bronze em Alemanha

Judoca de Rolândia ganha mais 500 pontos com a terceira colocação no Grand Slam de Düsseldorf

Publicado: 23/02/20 • 22h18
Atualizado em: 13/07/20 • 18h27

   Rafael Silva Baby mostrou que está voltando a sua melhor forma depois da fratura na mão em 2019. O judoca de Rolândia conquistou a medalha de bronze no Grand Slam de Düsseldorf, na Alemanha, neste domingo (23), na categoria peso-pesado (+100kg) e colocou mais 500 pontos em sua conta no ranking da Federação Internacional de Judô. Seu adversário direto na luta pela vaga olímpica para Tóquio, David Moura, caiu na primeira rodada da competição.
    Rafael conquistou uma das duas medalhas na Alemanha – a outra foi a prata de Mayra Aguiar. Sua medalha, tão buscada desde a fratura em sua mão, veio na Alemanha com vitórias sobre Erik Abramov (GER), Pedro Pineda (VEN) e Aliaksandr Vakhaviak, da Bielorrússia, algoz do brasileiro David Moura, na primeira rodada.
    A única derrota foi na semifinal diante do campeão mundial de 2018, Guram Tushishivili (GEO), com uma punição bastante controversa para o brasileiro. Na luta pelo bronze, Rafael impôs maior volume de ataques e derrotou Richard Sipocz, da Hungria, nas punições para garantir a medalha.
    Desde o Mundial de Tóquio, em 2019, Baby buscava um pódio, com quintos lugares em Tóquio, Brasília, Paris e um sétimo em Osaka. Rafael fraturou a mão durante um treinamento no Japão e, desde então vinha buscando retornar aos pódios do Circuito Mundial. A classificação olímpica vai até o dia 30 de maio e os convocados para Tóquio 2020 serão divulgados nos dias 01 e 02 de junho pela CBJ e pelo COB.


Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.