Os benefícios do Pilates

Por Ana Luiza Luchiancenkol - fisioterapeuta

Publicado: 27/02/20 • 16h55
Atualizado em: 28/02/20 • 11h25

    Todos os momentos de uma aula de Pilates são pensados para promover saúde, bem-estar e qualidade de vida. Tudo começa com o primeiro passo da aula: tirar os sapatos. A partir desse momento incluímos no nosso cenário milhares de receptores que estão ali: na sola do pé. Esses receptores nos ajudam a organizar nosso corpo, manter nosso equilíbrio e acordam a musculatura dessa região. 


    No decorrer da aula, o aluno sempre será olhado como um todo, independentemente se o objetivo é alongar a região posterior dos membros inferiores, a cabeça, a cervical, os ombros, braços, quadril... nada será esquecido, os professores de Pilates visam encontrar o melhor posicionamento do corpo todo para cada exercício feito. 

    A aula sempre incluirá exercícios de fortalecimento, porém um fortalecimento aliado com controle, movimentos que exigem concentração, coordenação e que recrutará a musculatura intrínseca do seu corpo. Essa musculatura ajuda o corpo a ficar em pé em uma postura mais ereta, sem causar dor ou incomodo. Essa musculatura também protegerá suas articulações ao caminhar, andar ou saltar, ou seja, preparará a pessoa para um dia a dia mais leve.

    Não é possível sair de uma aula de Pilates sem se sentir mais alongado! A aula é recheada de alongamentos em diferentes posições e que incorporam todos os movimentos do corpo e, principalmente, todos os eixos da coluna. O alongamento, além de prevenir lesões, diminui dores, tira tensões e também causa a sensação de relaxamento.

    Nem a mente será deixada de lado, exercícios que te desafiam, exigem confiança, aqueles em bases instáveis (como a famosa bola de Pilates) exigem foco, sem contar a sensação de dever cumprido sentida no final de uma prática de atividade física.

Ana Luiza Luchiancenkol é fisioterapeuta (243967-F)

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.