Codese faz visita técnica em Assaí

Membros do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico visitaram o Colégio CEEP, instituição de educação profissional

Publicado: 17/03/20 • 14h33
Atualizado em: 17/03/20 • 14h47

    Na terça (10), membros do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Rolândia (CODESE) fizeram uma visita técnica ao Centro Estadual de Educação Profissional Professora Maria Lydia Cescato Bomtempo, em Assaí. A instituição educacional é um modelo de colégio de Ensino Médio com escola técnica. Participaram da visita os empresários Fábio Fernandes, Alexandre Farina, Zeca Salgueiro, presidente do Codese e o vereador Irineu de Paula.

    Segundo Fábio Fernandes, o grupo observou que, para a realização do ensino dos cursos técnicos, existe um envolvimento bem organizado com todos os professores da instituição e com o corpo técnico. “É um colégio com uma estrutura muito bacana, que possui anfiteatro para 200 pessoas, biblioteca própria, quadras e laboratórios específicos para cada tipo de atividade que eles ensinam lá”, explicou o empresário.

    O centro possui uma metodologia de ensino bem à frente em comparação às instituições tradicionais. “Eles possuem uma parceria com o SEBREA e promovem uma cultura de startup. Desta forma, ao mesmo tempo em que alunos estão desenvolvendo os projetos dentro da escola, também têm a oportunidade de levar essas ideias para exposições e feiras”, contou.
Cursos técnicos

    O CEEP está em seu quinto ano de funcionamento, atende oito municípios da região, possui 302 alunos de cursos integrados e 194 alunos de cursos subsequentes. Oferece os cursos técnicos de Edificação, Mecânica, Eletroeletrônica e Agronegócio. Cada curso possui um foco em estratégias de inovação e empreendedorismo, articulação com o setor produtivo e também fomenta a formalização de novas parcerias.

    Os objetivos presentes nestes conteúdos têm base no desenvolvimento de projetos, protótipos, em atividades práticas e estágios, participação em eventos de inovação e em eventos estratégicos. Os alunos do CEEP já foram premiados em vários eventos como o ECO.TIC em 2017 e o Prêmio Sebrae Educação Empreendedora em 2018.

    Os modelos de cursos técnicos são o Integrado, que é destinado a alunos que estão concluindo o 9° Ano do Ensino Fundamental, e o Subsequente, destinado a alunos que já concluíram o Ensino Médio ou estão terminando o 3° Ano. Todos os cursos concedem oportunidades para ampliar os horizontes e gerar qualificação profissional, resultando em melhores oportunidades para o mercado de trabalho.

    “Foi bem interessante para nós ter a oportunidade de conhecer um trabalho como este que é desenvolvido no CEEP. Isso serve para buscarmos referências e, quem sabe, trazer estes benefícios também para próximo da nossa cidade”, finalizou Fábio.


Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.