Insegurança na praça do Manoel Muller

Moradores reclamam de ausência de iluminação no local; fiação foi furtada em meados do ano passado

Publicado: 26/03/20 • 11h12
Atualizado em: 26/03/20 • 11h35

    Quem passa pela praça do conjunto Manoel Muller durante a noite e a madrugada percebe a falta de iluminação pública. O problema vem gerando insegurança e medo nos moradores que precisam andar diariamente pelo local. 

    Uma moradora, que preferiu não ser identificada, procurou a equipe do JR para falar sobre a situação. “Acredito que a afiação da praça foi furtada em agosto do passado e até hoje nada foi feito. A parte sem iluminação é próximo à rua Alberto Androvicis, onde tem uma calçada para caminhadas, mas é impossível utilizar o espaço após as 19:00 horas”, afirmou a denunciante.

    A moradora também afirma que já viu muitas pessoas reivindicando a melhoria de iluminação no local, mas até o momento nada foi feito. “Já vi até publicação nas redes sociais de outros moradores reclamando e pedindo alguma resolução para o problema. Estamos com medo e inseguros e precisamos de uma posição por parte do município”, pediu.

    Outro lado
    Em meio à reivindicação, o JR procurou pelo secretário de serviços públicos, Marcos Santucci, que garantiu que o problema será solucionado. “Vamos melhorar a iluminação e instalar na praça uma carreira de poste de concreto com iluminação de LED”, assegurou Santucci.
    
    A previsão é de que a instalação dos postes seja feita em breve, até o final deste mês, após o termino de um serviço que ocorre próximo ao Hospital do Rim. “Estamos instalando no local dois postes do mesmo estilo que será implantado na praça. Após finalizarmos este serviço, iremos de imediato resolver o problema na praça do Manuel Muller”, afirmou o secretário. 

    Santucci ainda informou que os materiais de iluminação estão em processo de compra, pois o processo ainda está sendo homologado.

    Fiação em alumínio
    As lâmpadas de LED que serão instaladas no local têm como principais benefícios a baixa necessidade de manutenção, vida útil de 50.000 horas e alto fator de potência. Outra vantagem é que a fiação elétrica será de alumínio, o que não incentivará o furto. “O material, se for derretido, se misturará ao plástico dos fios e o valor de venda do material é muito pequeno. Não vai compensar o esforço desses indivíduos que costumam praticar os delitos”, ressaltou o secretário. 

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.