Eleições: prazo de filiação se encerrou no dia 04

Até o momento, o cronograma está mantido e não há mudanças na data das eleições municipais; maioria dos vereadores trocou de partido

Publicado: 14/04/20 • 15h45
Atualizado em: 14/04/20 • 15h48

    Foi encerrada no sábado (04), seis meses antes das Eleições 2020, a data limite para que candidatos às eleições municipais estivessem filiados ao partido político pelo qual vão concorrer nas eleições municipais deste ano. De acordo chefe do Cartório Eleitoral de Rolândia, Mário José Bannwart, para se candidatar o eleitor precisava ter o alistamento e o domicílio na respectiva circunscrição eleitoral há pelo menos seis meses, a filiação partidária por igual período de tempo – candidaturas avulsas são expressamente vedadas.

    Mário também explicou que candidatos de cargo eletivo proporcional, como o de vereador, poderiam mudar de partido livremente, sem risco de perder o mandato, desde que respeitassem a data limite da solicitação, que foi no dia 03 de abril.

    “Aqui em Rolândia muitos candidatos mudaram de partido neste período com exceção dos vereadores Alex Santana e Eugênio Serpeloni, ambos do PSD. Acredito que isso ocorreu devido a mudança legislativa que não terá mais coligações. Isso abriu espaço para que cada um deles mudasse para algum partido no qual se sentissem mais à vontade, baseando-se também em estratégias de reeleição”, explicou Bannwart.

    Ainda sobre as mudanças de partidos entre as pessoas que têm cargos eletivos, o vice-prefeito Roberto Negrão também não mudou e continua no PL. O PSDB perdeu os dois vereadores que tinha: Maria do Carmo foi para o PSB e Irineu de Paula foi para o PSL. O PSC perdeu seus três vereadores: João Gaúcho e Edileine Griggio foram para o PSB e Andrezinho da Farmácia foi para o PSL. Reginaldo Silva e Rodrigão, que eram do SD, foram para o PSD, que agora conta com quatro vereadores na Câmara de Rolândia. João Ardigo saiu do PSB e foi para o PP. 

    A janela antes de eleições, inserida na legislação pela minirreforma eleitoral de 2015, é a única oportunidade em que o candidato teve de fazer tal mudança.

    Pelo calendário, não havendo mudanças, o primeiro turno das eleições municipais acontecerá no dia 04 de outubro, e o segundo turno, em 25 de outubro, das 8h às 17h, nos dois casos.

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.