Decreto amplia atendimento de restaurantes e afins até as 23h

Decreto, válido a partir de segunda, também reativa a atividade de self service, mas mantém o funcionamento a 50% da capacidade do local

Publicado: 08/05/20 • 21h43
Atualizado em: 08/05/20 • 22h15

   O prefeito Luiz Francisconi (PSDB) assinou um novo decreto em que amplia o atendimento, agora até as 23 horas, de restaurantes, lanchonetes, pizzarias, sorveterias, food-trucks, bares e afins. O decreto 131 também mantém o funcionamento à capacidade máxima de 50% do total do local, em conformidade com o alvará de funcionamento e a licença do Corpo de Bombeiros. As regras do novo decreto passa a valer a partir de segunda-feira (11).
   O decreto também permite a reativação das atividades do "self service", de forma controlada e diferenciada, com limitações e restrições. Nesse "novo" self service, não é permitido ao cliente servir a sua própria refeição - os alimentos podem ser colocados no prato por um colaborador do estabelecimento, paramentado com máscara, luva, avental e touca. Os clientes terão que ter uma distanciamento mínimo entre eles na fila e devem usar o álcool em gel.

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.