Policial rodoviário é preso com 35 kg de maconha

Prisão aconteceu em Cambé, mas policial é morador de Rolândia; em sua casa foram encontrados mais drogas, dinheiro e munição

Publicado: 12/05/20 • 20h34
Atualizado em: 12/05/20 • 20h42

    Guilherme Afonso Pijus Farkas, policial da Polícia Rodoviária Estadual de Maringá, foi preso com mais de 35 quilos de maconha na tarde da segunda-feira (11). A prisão aconteceu em Cambé e foi feita por policiais militares do serviço reservado de Rolândia, os chamados P2. Guilherme é morador em Rolândia.

    Guilherme, durante a sua prisão, causou um acidente com a viatura da PM, que ficou bastante danificada. O policial ainda tentou fugir a pé, caiu em um barranco e quebrou o pé. Ele foi internado na Santa Casa de Cambé e sob escolta policial. Quando foi liberado, será encaminhado para a delegacia de Cambé para ser ouvido e, na sequência, deve ir para um presídio militar, em Londrina ou Curitiba.

    Os policiais ainda foram até a casa de Guilherme e apreenderam uma pistola calibre 6.35 sem registro com dois carregadores, 12 munições de calibre .40, 4 munições de calibre 38, além de 2 munições de calibre 25. Uma busca mais apurada terminou por encontrar R$ 73 mil em dinheiro, mais 8 quilos de maconha, além de munições de calibre 9 milímetros.

    De acordo com um dos policiais reservados da PM, a investigação sobre Guilherme já acontecia há algum tempo. “Ele estava abastecendo a cidade com droga. Estávamos há alguns dias trabalhando sobre isso e tivemos êxito na abordagem desta segunda”, ressaltou o P2.

    Guilherme Afonso Pijus Farkas chegou a ficar afastado da Polícia Rodoviária Estadual por problemas psicológicos. 

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.