UTI do HU tem quatro rolandenses

Pacientes têm Síndrome Respiratória Aguda Grave e esperam por resultado de exame da Covid; há mais um rolandense na enfermaria do Hospital Universitário

Publicado: 21/05/20 • 15h40
Atualizado em: 21/05/20 • 16h06

    Na semana em que a Secretaria de Saúde de Rolândia confirmou o quarto caso de Covid-19 em Rolândia – a pessoa já está curada e liberada da quarentena -, o município também tem cinco pessoas internadas no Hospital Universitário de Londrina, referência da região no combate ao novo coronavírus. Quatro delas estão internadas na UTI e um está na enfermaria – todas têm Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e aguardam pelo resultado do exame para saber se tem a Covid-19. “Os cinco moradores ainda estão com quadro suspeito de coronavírus, e estão no aguardo da confirmação do resultado dos exames. Na situação de constar negativo, eles entram como casos descartados”, ressaltou Rafael Dias, diretor da Vigilância em Saúde do município.

    Sobre os casos confirmados de Covid, Rafael Dias, foi bem incisivo. “Podemos dizer que todas as pessoas que contraíram o coronavírus aqui no município já estão curadas”, afirmou o diretor. Rafael Dias pontuou que existe a possibilidade deste paciente ter sido infectado em Londrina, uma vez que o morador trabalha naquela cidade. “Mas é difícil confirmamos isso com toda certeza. A possibilidade existe, mas não é uma afirmação”, explicou. O diretor reforçou que esta situação é muito dinâmica e instável e que os números podem mudar a qualquer momento.

    Boletim de informação

    O diretor orientou que as pessoas busquem informações sobre a atualização dos números diretamente pelo site da prefeitura municipal, pois, na situação de buscar estes dados pelo site da Sesa, ocorre o risco de as informações estarem diferentes, uma vez que a Secretaria Estadual de Saúde possuiu uma grande demanda de atualizações de todos os municípios do Paraná.

    “As informações contatadas no site da prefeitura com certeza vão estar mais atualizadas do que no portal da Sesa. E agora estamos trabalhando em uma melhor divulgação do nosso boletim diário, para que os moradores tenham fácil acesso ao sistema. Vamos tentar fixar esta informação na tela principal do site”, confirmou.

    Testes e quarentena

    Rafael comentou sobre a falta dos testes rápidos que é uma situação recorrente em todas as cidades do Brasil, e que também afeta o mundo todo. Diante disso, ele explicou que a maioria das situações de quadros gripais, que venham aparecer em umas das unidades básicas de saúde do município são incluídas como caso suspeito de covid-19, uma vez que não existe esta possibilidade de se fazer os testes em todos pacientes.

    “Hoje o município está com dez pessoas em quarentena no município, com o acompanhamento da sala de saúde da secretaria municipal. E entre estes dez casos, três pacientes estão recebendo o tratamento do protocolo com hidroxicloroquina em suas residências”, explicou Rafael. Ele ainda reiterou que estas pessoas estão em quarentena devido ao quadro de síndrome gripal.

    Recentemente o Ministério da Saúde enviou para o município uma quantidade de 300 testes rápidos para ser utilizado com profissionais do setor da saúde e da segurança pública. “Isso serviu para que possamos trazer estes profissionais o quanto antes para o atendimento, para que não tenhamos uma baixa no quadro de colaboradores”, contou. É importante fazer estes testes nos profissionais para evitar o aparecimento de um surto de coronavírus nas instituições de saúde e segurança da nossa cidade. Recentemente, a Santa Casa de Londrina teve 95 profissionais infectados com a Covid-19. 

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.