Crianças não estão proibidas de entrar no comércio

Decreto 145, do dia 21 de maio, apenas recomenda que crianças até 12 anos não entrem nas lojas, modificando a proibição de decreto anterior

Publicado: 04/06/20 • 13h33
Atualizado em: 04/06/20 • 13h45

    O decreto municipal nº 145, do dia 21 de maio, modificou decreto anterior e apenas recomenda que as crianças com até 12 anos de idade não entrem ou permaneçam em estabelecimentos comerciais de Rolândia. O decreto 106, do dia 18 de abril, proibia que menores de 12 anos entrassem ou ficassem em lojas do comércio. A proibição continua para mercados, mercearias, supermercados e afins.

    O decreto foi publicado no dia 21 de maio, portanto, há mais de duas semanas, e muitos lojistas rolandenses não sabem da mudança. Um passeio pelo centro da cidade mostra várias lojas com o cartaz que proíbe a entrada de crianças com menos de 12 anos. A reportagem falou com alguns colaboradores que se mostraram surpresos com a “novidade”. Alguns chegaram a duvidar da informação repassada pelo JR.

    O Jornal de Rolândia entrou em contato com a Associação Comercial e Empresarial de Rolândia (ACIR) e falou sobre o problema. A Associação, através de seu presidente, Fábio Fernandes, afirmou que iria comunicar a seus associados sobre a mudança feita com o novo decreto em relação às crianças menores de 12 anos de idade.

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.