Grupo Teatrando oferece “Oficinas Virtuais”

Grupo de teatro rolandense promove oficinas e bate-papo virtuais durante a pandemia do novo coronavírus; são oito encontros online

Publicado: 15/09/20 • 15h40
Atualizado em: 30/09/20 • 02h44

    Buscando novas medidas de retomar projetos de ações culturais no município em meio a pandemia, o grupo de teatro Teatrando de Rolândia, em nome da ONG SOAME, tem oferecido oficinas virtuais de teatro. O projeto, contemplado pelo termo de fomento 83/2020 e que faz parte do Fundo Municipal de Cultura (FMC), irá desenvolver oficinas de teatro para atores, não atores e pessoas interessadas em conhecer um pouco mais sobre as artes cênicas. 

    A proposta é a realização de videoaulas por salas virtuais e aplicativos de reuniões em que cada oficina tenha um tema que tenta abordar alguns princípios do teatro. Essas oficinas são em dois dias na semana, nas terças e quintas-feiras, sempre das 18h às 19h. Já foram realizadas três das oito oficinas. Veja as que faltam. 

    Voz, imaginação e Leitura de texto (29/09 e 1º/10)
    Oficina sobre a capacidade vocal e alguns procedimentos e técnicas de interpretação e leitura de texto dramático. Os participantes realizarão ainda a leitura de um texto de teatro, experimentando e brincando com os personagens. O limite de participantes é de 10 pessoas com idade acima de 12 anos. Serão feitos alongamento, exercícios de articulação e de projeção de voz, trava línguas e leitura do texto.

    Respiração, consciência corporal e meditação (06 e 08 de outubro)
    A oficina busca proporcionar ao participante um estado de concentração e meditação que visem ir ao encontro da consciência e da percepção do corpo. A respiração e os alinhamentos corporais são os guias para esse trabalho profundo, silencioso e delicado. . Exercícios: Os apoios do corpo; A arte de sentar-se; Concentração pela respiração e Meditação guiada.

    Imaginar e contar histórias (20 e 22 de outubro)
    A partir do ato de contar histórias, a oficina busca encontrar e desenvolver a imaginação e o processo de comunicação dos participantes. Criar uma história e saber como compartilhá-la é o resultado esperado dessa oficina. O limite de participantes é de 10 pessoas com idade acima de 12 anos. Exercícios: Alongamento;  Mímica do objeto; História compartilhada com uma palavra; História sem fim.
Leitura de “Os cisnes selvagens” (27 e 29/10)

    O diretor e ator do Grupo Teatrando, Douglas Mesquita, realizará duas leituras do conto de fadas “Os cisnes selvagens”. A ação tem como iniciativa um retorno aos participantes das outras oficinas bem como o estímulo da leitura e difusão da cultura na cidade. Limite de 200 pessoas.

    Bate papo com o Grupo Teatrando (17 e 19/11)
    Via YOUTUBE, os membros do grupo Teatrando vão falar um pouco sobre seus trabalhos nesses dois anos de grupo, do processo de criação do espetáculo “Os Músicos de Bremen” e sobre as aulas e apresentações virtuais. As atrizes do grupo vão falar e demonstrar um pouco dos exercícios e rotina de ensaios do Grupo.

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.