Trânsito: perceba o risco e proteja a vida, de todos

Neste ano, a Semana Nacional de Trânsito trouxe tema sobre a percepção dos riscos; o JR falou com o comandante do Posto de Polícia Rodoviária de Jaguapitã

Publicado: 29/09/20 • 15h26
Atualizado em: 29/09/20 • 16h44

    Desde 1997 a Semana Nacional de Trânsito (SNT), é comemorada entre os dias 18 e 25 de setembro. Ações em todo o país são realizadas pelos órgãos do Sistema Nacional de Trânsito com o objetivo de conscientizar todos os envolvidos, sejam eles motoristas, passageiros, motociclistas, ciclistas ou pedestres. O tema definido pelo Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) para a Campanha Educativa de Trânsito de 2020 é “Perceba o risco, proteja a vida”, e busca chamar a atenção sobre os perigos no trânsito, bem como outros riscos à saúde do cidadão. 

    O JR falou com Subtenente Soares, comandante do Posto Rodoviário de Jaguapitã, que explicou mais detalhes sobre a campanha. “A mensagem indica que os motoristas precisam manter a cautela e ter uma direção defensiva. Planejamento antes de sair de casa, manutenção do veículo, o cinto de segurança e velocidade permitida também são essenciais”, explicou Soares. 

    O Subtenente ainda trouxe uma orientação sobre a importância do uso de máscara de proteção individual do motorista e dos passageiros, dentro do automóvel. “A parte do proteja a vida significa que a nossa vida tem um valor imensurável e precisamos cuidar dela”, afirmou o policial.

    O objetivo da Semana é conscientizar a população sobre a importância da mudança de atitude, evidenciando que cada um é responsável pela segurança de todos e, por isso, deve perceber os riscos e proteger a própria vida e a dos demais ao seu redor.

    Com a realização da campanha, os órgãos envolvidos esperam que que as pessoas adotem novos comportamentos, valorizando a vida e, assim, seja possível reduzir o elevado número de lesões e de mortes causadas pelos acidentes no Brasil.

    Segundo o Subtente Soares, as situações que mais resultam em acidentes de trânsito em nossa região são as ultrapassagens proibidas e o excesso de velocidade. “Geralmente estes acidentes acabam sendo fatais. Por exemplo, a ultrapassagem irregular que resulta em uma colisão frontal que certamente causa uma fatalidade. Os condutores precisam estar atentos também ao excesso de velocidade, especialmente em pistas com recente pavimentação, pois ter uma pista em boas condições não dá o direito de o motorista dirigir em alta velocidade”, alertou.
 
    Dicas de segurança
    Ver e ser visto é o código de segurança ao dirigir nas rodovias; Sinalize todas as suas intenções de manobras: lembre-se de que em rodovias está trafegando em velocidade elevada; Faróis acesos durante o dia podem sim reduzir os riscos de acidentes; Ao ultrapassar, sinalize, sempre; Verifique o seu veículo antes de sair para uma viajem se certificando que ele está em boas condições; Use sempre o cinto de segurança e também acrescente o uso da máscara de proteção individual e do álcool em gel. 

    Por conta da pandemia a Polícia Rodoviária não fará grandes ações presenciais da campanha neste ano para evitar o risco de aglomeração, mas a intenção das equipes é fazer uma visita em algumas empresas e instituições para transmitir a mensagem.  

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.