Pedal da Solidariedade em prol do pequeno Samuel

Amigos ciclistas organizam evento de pedal em prol de cirurgia do rolandense Samuel, de quatro anos, que nasceu com hemimelia fibular/tibial

Publicado: 15/10/20 • 20h22
Atualizado em: 29/10/20 • 11h22

    Dia 1º de novembro, véspera de feriando, tem o “Pedal do Samuel”. A ação, organizada pelo casal de rolandenses Damaris Santos e Márcio Jorge, busca arrecadar recursos para ajudar na cirurgia do pequeno Samuel, de apenas quatro anos de idade, que precisa passar por um procedimento nas pernas para voltar a andar. “O evento foi uma ideia nossa para ajudar o Samuel. Nós conversamos com a família, que já teve apoio de algumas outras pessoas que fizeram ações em prol da realização dessa cirurgia, e também sentimos vontade de ajudar. Conversamos com uns amigos ciclistas para saber deles qual seria a melhor forma de organizar o evento”, afirmou Damaris.

    Largada e local
    A largada do evento está marcado para ocorrer às 7:00 no Museu Japonês e a concentração será no terreno localizado ao lado do Museu. No evento haverá dois trajetos de MTB (bicicleta de montanha), com duas distâncias: uma de 20km e outra de 45km. No evento será entregue água no ponto de hidratação e é indispensável o uso de máscara individual de proteção para todo os participantes. 

    Como participar? 
    Para participar, basta acessar o link: www.sympla.com.br/pedal-do-samuel__1004355. Cada inscrição tem o valor de R$ R$ 30,00 (+ R$ 3,00 taxa). Conforme informado pela Damaris, 100% do valor das inscrições será revertido para ajudar na cirurgia do Samuel. “Até o momento temos aproximadamente 30 inscrições. Mas a meta é atingir no máximo umas mil. Tenho fé e espero que possamos contar com a ajuda de todos nesta ação”, pediu Damaris.

    Somente o custeio para a cirurgia do Samuel é de 29 mil reais. Além disso, a família do menino terá outras despesas com o tratamento do pós-operatório que também serão altas. Somente as fisioterapias giram em torno de seis mil reais. “Por isso é tão importante a ajuda de todos nesta causa”, ressaltou. Para mais informações sobre o “Pedal do Samuel”, basta entrar em contato com a Damaris através do (43) 9. 9110-4640 ou com o Marcio (43) 9.9807-6807.

    Sobre o Samuel
    Franciele Nunes dos Santos é mãe do pequeno Samuel, que nasceu com hemimelia fibular/tibial. A doença é uma malformação congênita que se caracteriza pela ausência parcial ou completa da Fíbula, osso longo inferior do corpo humano que, junto da Tíbia, é responsável pela sustentação corporal. Samuel nasceu com 35 semanas (oito meses) e durante a gestação foi diagnosticado por ultrassom morfológica que ele tinha pé torto congênito. Depois do nascimento, a família descobriu que Samuel tinha hemimelia.

    A frequência dessa malformação é muito rara: 1 a cada 50.000 mil nascidos e ocorre durante a gestação. A Hemimelia Fibular gera deformidades no pé e tornozelo, além de um crescimento desigual entre as pernas, gerando um desequilíbrio e fraqueza muscular na criança. “Samuel foi submetido a uma cirurgia em novembro de 2015 e não tivemos muito sucesso. Em agosto de 2018 passou por uma segunda cirurgia e, em dezembro do ano passado, passou pela terceira cirurgia”, contou a mãe.

    No momento a mãe de Samuel e toda a família vêm lutando para iniciar o tratamento com outros médicos, e outro hospital - médicos especialistas em reconstrução óssea. “O tratamento dele vai ser realizado até os 15 anos de idade”, contou Franciele. Segundo explicado pela mãe, o tratamento do Samuel terá um custo muito alto, e será difícil de realizar. “Teremos que ficar em Curitiba por 60 dias, e por isso, contamos com a ajuda de todos que puderem contribuir em prol à causa do Samuel”, pediu.

    Vakinha online
    Além desta ação beneficente, atualmente Franciele também tem uma “vakinha online” na internet. Para colaborar basta acessar o link: www.vakinha.com.br/vaquinha/ajude-samuel-a-andar-franciele-nunes-dos-santos. 
“Quem tiver interesse em nos ajudar também pode entrar em contato comigo pelo WhatsApp (43) 9.9610-8168. Conto com a colaboração de todos e agradeço desde já”, concluiu a mãe Franciele. 
Até o momento, foram arrecadados apenas R$ 535,00 na Vakinha Online. 

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.