Preocupados, moradores pintam quebra-molas

Cansados de esperar pelos serviços do setor público, moradores do jardim Asteca pintam faixa de quebra-molas

Publicado: 19/11/20 • 10h50
Atualizado em: 05/12/20 • 15h33

    Moradores do jardim Asteca, em Rolândia, pintaram uma faixa de sinalização em dois quebra-molas da rua Guimarães Rosa, para chamar a atenção de motoristas que passam pelo local. A ação foi realizada por dois moradores no último dia (07) de novembro. Douglas Junior Ramos e Donizete Campos, decidiram fazer a pintura, após muito acidentes serem registrados no local. 

    “Fizeram o recape asfáltico na rua e isso fez apagar a faixa de sinalização. Já presenciamos muitos acidentes aqui, uma vez um entregador de gás não viu lombada passou reto e sofreu um acidente. Precisamos ajuda-lo porque as coisas que ele estava entregando caíram e percebemos que ele teve vários ferimentos”, contou. O acidente ocorreu 15 dias antes dos moradores decidirem fazer a pintura.

    Além deste registro, Douglas também contou que ocorreram outras situações no local. “Sempre acontecia alguma coisa aqui por conta da ausência de sinalização. Teve uma motorista também que quase se acidentou de carro e chegou a raspar o veículo. Também flagramos uma senhora de idade que caminhava já de noite, caiu no local e chegou a machucar o rosto”, afirmou.

    Preocupados com o risco de novas colisões e acidentes, os dois moradores decidiram pintar uma faixa no quebra-molas do local e sinalizar. “Eu decidi pintar essas duas lombadas porque os vizinhos afirmaram que já haviam procurado a prefeitura, mas que ninguém havia se deslocado no local até o momento”, contou.

    O moradora contou que o vizinho Dozinete ajudou na compra das tintas para a pintura do local. “Comprei um galão de tinta de 3,6 litros de demarcação amarela no Atacadão das Tintas, e eles me deram o rolo para poder fazer a pintura depois que eu expliquei qual era a finalidade. Enquanto eu fiz a pintura, o Donizete auxiliou fazendo a sinalização, filmou e foi assim que finalizamos”, disse. Ambos realizaram a obra em dois quebra-molas da rua e fizeram toda a pintura em único dia. 

    É importante pontuar que a responsabilidade de sinalizar as vias terrestres do ambiente urbano e rural compete ao município. A sinalização ineficiente ou ausente pode provocar acidentes, e a prefeitura deve responder por danos causados, ou morte. Isso está assegurado na Constituição Federal e na própria lei do código de trânsito, n° 9.503/97.



Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.