Executivo pagou elevações de 2020

Os valores retroativos foram pagos junto com o salário deste mês; cerca de R$ 1,9 milhão a mais na economia rolandense

Publicado: 04/05/21 • 10h15

    O prefeito Ailton Maistro (PSL) programou o pagamento das elevações do ano de 2020 dos servidores municipais de Rolândia para a semana passada. Os valores retroativos referentes às elevações do ano passado foram pagos junto com o salário dos servidores que têm direito ao benefício, cerca de 1000 pessoas no município. De acordo com o RH da prefeitura, cerca de R$ 1,9 milhão a mais entram na economia da cidade por conta dessas elevações retroativas que foram pagas no final de mês. Se somadas à Folha de pagamento “normal” da prefeitura, mais de R$ 9 milhões líquidos foram depositados para os servidores em abril.

    Em conversa com o prefeito Ailton Maistro, o gestor revelou que essa é uma surpresa para os servidores, já que muitos achavam que o benefício só seria pago futuramente. “A boa arrecadação de IPTU nos permitiu pagar essas elevações que estavam atrasada. Também sabemos que o bom pagamento do IPTU se deve à confiança e à credibilidade da população em nossa administração”, comemorou Maistro.

    Entenda
    Em 30 de dezembro de 2020, o prefeito em exercício de Rolândia, Roberto Negrão, publicou um decreto em determinava a implantação e o pagamento das elevações retroativas aos servidores referentes a 2020. O decreto 422 previa o pagamento para janeiro de 2021. Em janeiro, o novo prefeito, Ailton Maistro, publicou um novo decreto no dia 28 alterando o decreto 422, de Roberto Negrão. No novo documento, a implantação das elevações e o pagamento das elevações retroativas aos servidores foram adiadas para março.

    Em março, o Executivo publicou um outro decreto em que o pagamento dessas elevações retroativas poderiam ser realizada até o dia 31 de dezembro deste ano. Esse decreto foi derrubado pela Câmara de Vereadores e o decreto anterior continuou valendo. Dessa forma, o pagamento foi feito em abril, apesar do decreto falar em março.

Foto(s) desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.