Profissões do futuro exigirão habilidades e conhecimento em nova linguagem tecnológica

Por Código Kid Rolândia

Publicado: 06/05/21 • 09h29

    No século XX era imprescindível o domínio de uso de sistemas como pacote office e habilidades intrapessoais para estar bem colocado no mercado de trabalho, no século XXI o cenário mudou, o conhecimento em novas linguagens como programação, robótica, criatividade estão entre as 10 habilidades do futuro mais requisitadas.

    Nos filmes de ficção científica assistimos robôs e máquinas substituindo o trabalho humano, mas isso não acontece somente nos filmes, na “vida real” é fácil encontrar as máquinas, softwares e aplicativos fazendo atividades que antes eram feitas de forma “braçal” por mão-de-obra humana.

    Não precisamos ir longe, basta acessar seu smartphone da palma da sua mão e realizar dezenas de operações bancárias, antes feitas somente por pessoas autorizadas, ou, adquirir produtos e serviços, sem passar por um atendente ou vendedor. As tarefas, “chatas”, do cotidiano estamos transferindo para os aplicativos, que, disparam mensagens automáticas, e até mesmo conversam por meio de seus assistentes virtuais, via mensagens e voz, com seus usuários.

    Mas isso é só a “ponta do iceberg”, há uma grande revolução acontecendo em todos os setores, quando falamos da “Indústria 4.0”, por exemplo, onde vemos máquinas “conversando” com máquinas e com capacidade de acumular conhecimento, contribuindo para melhor eficiência da produção, menos desperdício de tempo e matéria-prima. A FIAT, montadora de veículos, já utiliza uma estrutura de exoesqueleto em seus colaboradores, trazendo conforto, segurança para seus colaboradores, suportando maior peso e reduzindo a fadiga de quem o usa. Além do uso na indústria o exoesqueleto também é uma tecnologia que pode ser utilizada na saúde, dando movimentos àqueles que perderam parte dos movimentos do corpo. Outros exemplos apresentaremos nas próximas publicações desta coluna!

    A capacidade de programar, operar e criar estas máquinas e sistemas, será a nova linguagem que o futuro das profissões exigirá. Em entrevistas com diversos presidentes e diretores de grandes empresas, é consenso ente todos eles que os futuros líderes deverão ter habilidades de programação e uma habilidade que as máquinas ainda não conseguiram desenvolver que é a criatividade.

    Em Rolândia, a Escola Código Kid, tem este propósito, de dar a oportunidade de nossos jovens e crianças terem acesso ao que existe de mais atual e moderno em sistema de ensino, métodos, linguagens e ferramentas, desde programação, robótica, matemática, desenvolvimento de games e muito mais.

    Mais informações sobre a Código Kid, entre em contato pelo WhatsApp (43) 3312-6332, a escola fica na Av. Romário Martins, 608, sala 05, e atende de segunda a sexta-feira das 08h30 às 12h30 e das 14h às 18h e aos sábados das 08h30 às 12h30.

Foto(s) desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.