Solidariedade e bazar de enxovais na UBS do Tomie

Uma ação solidária entre gestantes e puérperas está fortalecendo o vínculo da comunidade da região com a Unidade Básica de Saúde do local

Publicado: 19/07/21 • 07h45

    Um gesto de solidariedade e amor ao próximo promovido por duas enfermeiras da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Tomie Nagatani, em Rolândia, vem chamando a atenção da população do bairro. Há mais de um ano Maria Eliane Peres e Marcela Correa Barboza tiveram a ideia de arrecadar doações de roupinhas de bebê para destinar as mães que não têm condições financeiras para montar um enxoval para os recém-nascidos. Hoje, a ação cresceu muito e já conta com o apoio de toda a equipe da UBS.

    Esse trabalho nasceu a partir do momento que foi detectada essa ansiedade e preocupação de algumas futuras mamães, as quais, muitas vezes, não têm condições de preparar o enxoval mínimo para o seu bebê, principalmente nas últimas semanas de gestação. “Nossa ideia principal foi deixar um aviso na UBS que estávamos recebendo doações de roupinhas de bebê, e deu certo. Depois de um tempo de campanha, já ficou incutido nas mamães o desejo de compartilhar e colaborar, e o aviso nem foi mais necessário”, revelou a enfermeira Maria Eliane.

    As roupinhas ficam expostas em cabides lá mesmo na unidade de saúde, e as gestantes que precisam podem ir até o local para retirar a doação. Esse “bazar solidário” já ajudou dezenas de mulheres pacientes da UBS desde o início do projeto. Conforme informado pela enfermeira, neste momento 43 gestantes são atendidas no local, mas não são todas que precisam, porém a maioria que tem a necessidade acaba pegando alguma roupinha doada. 

    O mais interessante em tudo isso é que as próprias pacientes da unidade ajudam também nas doações das roupinhas. “Tem muitas também que doam. Geralmente eu faço a separação antes de expor as roupinhas para deixar tudo bem organizado”, explicou a enfermeira. As doações são separadas e os itens são expostos de maneira que cada uma tenha o seu momento de escolher com calma e levar o que mais for útil.

    O bazar fica à disposição das mulheres sempre duas vezes por semana nos dias de consulta de pré-natal. “Não vemos a necessidade ainda de deixar o bazar aberto em dias que não ocorre o pré-natal, mas se chegar uma gestante fora de hora e quiser olhar e tem necessidade, a gente oferece a doação”, explicou Marcela.

    Além das roupinhas, a UBS do Tomie recebe doações de bolsas e outros acessórios, como sapatinhos, toucas, cobertores, enfim tudo o que for direcionado para o bem-estar e a comodidade do bebê. “Até carrinho de bebê já foi doado”, relembra Maria. 

    Para a enfermeira todo vínculo criado com as mamães são momentos preciosos para falar de saúde e esclarecer sobre importância em comparecer às consultas de pré-natal, realizar seus exames e a responsabilidade com o bebê que vai chegar. “Assim que a pandemia acabar, a ação será ampliada para poder fazer um trabalho completo através de reuniões e aumentar os temas abordados”, ressaltou Marcela.

    Esta é uma ação repleta de amor e solidariedade, que é feita para a comunidade de gestantes e que faz a diferença para quem doa e para quem recebe. Quem puder, pode levar sua doação até a UBS do Tomie Nagatani, localizada na rua Walter Moreno Garrido. 

Foto(s) desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.